Rua Bibiano Pereira da Rocha, nº 2-A, Morro Azul - Flamengo
+55 (21) 2553-3485
midiashootobrasil@gmail.com

Mariana Morais vence GP feminino e garante vaga na PFL

Mariana Morais vence GP feminino e garante vaga na PFL

Foto: Marcell Fagundes

O Shooto Brasil deu seu pontapé inicial em 2020 no último domingo (1), no Rio de Janeiro, e teve novidade: o destaque da noite foi a realização de Grande Prix feminino até 70kg

Na noite do último domingo (1), o Shooto Brasil deu seu pontapé inicial do ano, na ViVi Arena, no Rio de Janeiro. E teve novidade. O destaque da noite foi a realização de Grande Prix feminino até 70kg, que valia vaga para a PFL (Professional Fighters League), em parceria que envolve outras organizações de diversos países. A grande vencedora foi Mariana Morais, que despachou Dayana Silva por decisão na semifinal e Bianca Daimoni com um lindo nocaute na final, para garantir a vaga na organização norte-americana e ter a chance de brigar, ao longo da temporada, pelo cobiçado prêmio de 1 milhão de dólares. A primeira edição do Shooto Brasil em 2020 contou ainda com dez lutas e outro destaque foi a vitória de Tayron “A Lenda” sobre Júlio Tyson por nocaute, no duelo que encabeçou o card.

O grande momento da noite foi justamente a realização do inédito GP com vaga para a PFL. Na primeira semifinal, Mariana Morais encarou Dayana Silva, atual campeã peso-galo do evento. As duas protagonizaram um duelo muito equilibrado, desenrolado todo na luta em pé. Aos final dos três rounds, melhor para Mariana, vencedora por decisão dividida. Do outro lado da chave Yana Gadelha enfrentou Bianca Daimoni. E diferente da primeira semifinal, as duas fizeram um combate mais morno, utilizando bastante a luta agarrada, principalmente por parte de Yana. Ao final dos nove minutos, vitória por decisão dividida para Bianca, que procurou mais a luta e foi mais contundente.

Na grande decisão, Mariana e Bianca disputaram o título do GP e a desejada vaga na PFL. E se enganou quem achou que a luta repetiria o equilíbrio das semifinais. Depois de um primeiro minuto estudado, as duas partiram para a trocação franca e Mariana acertou um lindo cruzado no queixo de Bianca, que desmontou na hora. Vitória por nocaute no primeiro round e muita festa da torcida com a conquista da vaga para a organização norte-americana.

Belos nocautes marcam restante do card

O restante do card foi marcado por muita emoção e grande combates. No duelo que liderou o evento, Tayron “A Lenda” bateu Júlio Tyson por nocaute e fez a festa da torcida. Outros destaques foram Wagner Maia, Vanilton Antunes e Brenna Cardozo. Enquanto Wagner fez bonito ao protagonizar um nocaute com um lindo chute alto diante de Alan Madal, Brenna levou a galera à loucura com um nocaute avassalador com pouco mais de dois minutos de combate sobre Lethicia Power. Já Vanilton bateu Válber dos Anjos por nocaute após uma luta insana e cheia de reviravoltas. Júnior Luiz, Carlos Veras e Aleandro Caetano foram os outros vencedores da noite. A luta entre Caio Alencar e Alison Vicente foi declarada como “No Contest” (sem resultado) após avaliação médica por conta de uma dedada no olho involuntária de Caio.


Deixe uma resposta