Rua Bibiano Pereira da Rocha, nº 2-A, Morro Azul - Flamengo
+55 (21) 2553-3485
contato@shooto.com.br

Shooto 82: Tem cinturão dos leves e dos penas em jogo.

Shooto 82: Tem cinturão dos leves e dos penas em jogo.

Foto: Léo C. Farias/ Leo Farias Photos

 

Shooto Brasil 82: tem cinturão dos leves e dos penas em jogo

Edição deste sábado no Rio de Janeiro tem ex-UFC Valmir Bidu diante de Fabrício Negão pelo cinturão dos leves; Leonardo Limberger e Adonilton Matos lutam pelos penas.

O Shooto Brasil vai coroar dois novos campeões na noite deste sábado, dia 28 de abril, na Upper Arena, no Rio de Janeiro. Na luta principal da edição 82 o ex-UFC Valmir Bidu mede forças com Fabrício Negão pelo título dos leves (até 70kg). No co-main event da noite, Leonardo Limberger, pupilo de Pedro Rizzo, encara Adonilton Matos, representante da equipe CM System do ex-lutador Cristiano Marcello. Outro destaque do card é a presença de Felipe OIivieri, atleta com passagem pelo TUF Brasil e pelo Ultimate. Ele encara o argentino Christian Dipp. Pedro Nobre, da lendário equipe BTT, também marca presença no card para encarar Junior Orelha. O Shooto Brasil 82 começa às 20h e tem transmissão ao vivo do Canal Combate.

Na pesagem oficial, realizada na manhã desta sexta-feira, os representantes principais da noite não tiveram problemas com a balança. Valmir Bidu e Fabrício Negão marcaram 69,9kg e confirmaram o duelo pelo cinturão dos leves. No outro embate valendo título, Leonardo Limberger e Adonilton Matos bateram 65,6kg e 65,4kg, respectivamente.

Adversário de Perpétuo não entrega exames e luta cai

A grande baixa do card do Shooto aconteceu no dia que antecedeu a pesagem desta sexta. Patrique Tavares não conseguiu entregar todos os exames exigidos pela CABMMA e a luta com o campeão mundial do Shooto Hernani Perpétuo também caiu. Outros dois duelos também foram cancelados por problemas com peso: Diego Domingos vs Arthur Gladiador e Welerson Galinho vs Vinicius Salvador.

Protagonista da luta principal da noite, Valmir Bidu teve uma passagem recente pelo UFC. Aos 32 anos o baiano de Salvador soma um cartel de 17 vitórias e seis derrotas. Especialista no boxe, ele fez três lutas no Ultimate em 2014/2015 e acabou demitido após duas derrotas e uma vitória. Depois disso, engatou dois triunfos seguidos no Shooto, e em 2017 fez quatro lutas, sendo três delas na Rússia. Do outro lado do cage ele vai encontrar um adversário sem tanta grife. Com o cartel de dez vitórias e duas derrotas construídos todos no MMA nacional, Fabrício Negão faz sua estreia no Shooto. Ele é natural do Piauí e vem de seis vitórias nas últimas sete lutas.

No co-main event outra disputa de título. De um lado o gaúcho Leonardo Limberger, pupilo do lendário Pedro Rizzo e que carrega consigo uma grande história de fé e determinação. Aos 23 anos, Leonardo tem um cartel quase perfeito, com dez vitórias e apenas um revés. São sete triunfos seguidos, sendo três deles no Shooto. O seu adversário é Adonilton Matos, baiano de 30 anos. Com um cartel de 12 vitórias e quatro derrotas ele também faz sua estreia no Shooto Brasil. Adonilton vem ainda de quatro triunfos consecutivos.

Outros destaques do Shooto Brasil são nomes conhecidos no cenário nacional e internacional. Com passagem pelo UFC e TUF Brasil Felipe Olivieri encara o argentino Christian Dipp. Olivieri também está atrás da retomada de carreira depois de ser pego no doping enquanto ainda era atleta do UFC. Outro nome de destaque no card é Pedro Nobre, da lendária BTT, que encara Junior Orelha.

Shooto Brasil 82

Data: Sábado, Sábado, 28 de abril de 2018.
Horário: 20h (ao vivo no Canal Combate)
Local: Upper Arena
Endereço: Rua Bibiano Pereira da Rocha n° 2-A – Flamengo, Rio de Janeiro
Venda de ingressos: R$ 30 Arquibancada / R$ 50 Cadeira e R$ 150 Camarote – Academia Upper – Rua Marques de Abrantes, 96 – Flamengo/RJ

Card de lutas

Até 70kg: Fabrício Negão (69,9kg) (Marcelo Ribas) x Valmir Bidu (69,9kg) (Nova União)
Até 66kg: Leonardo Limberger (65,6kg) (Rizzo RVT) x Adonilton Matos (65,4kg) (CM System)
Até 70kg: Christian Dipp (70kg) (SVRIZ MMA) x Felipe Olivieri (70,7kg) (Nova União)
Até 59kg: Pedro Nobre (58,7kg) (BTT) x Mario Junior Orelha (59,2kg) (Relma Combat)
Até 81kg*: Jorge Filho (80,7kg) (Rizzo RVT) x Marcelo Barbosa (80,6kg) (BH Rhinos)
Até 54kg*: Eric Bahia (53,8kg) (Arte Local Fight Team) x Werick Dinamite (54kg) (BPT)
Até 61kg: Dewis Espantalho (61,8kg) (DTM Team) x Hudson Sombra** (62,7kg)(Nova União)
Até 66kg: Lucas Almeida (65,5kg) (SD System) x Alan Alves (65,8kg) (BH Rhinos)

*Peso combinado .
**O atleta não bateu o peso limite da categoria e foi multado em 20% da bolsa repassada ao adversário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *