Rua Bibiano Pereira da Rocha, nº 2-A, Morro Azul - Flamengo
+55 (21) 2553-3485
midiashootobrasil@gmail.com

Shooto Brasil 102 coroa Luan Lacerda com título dos galos

Shooto Brasil 102 coroa Luan Lacerda com título dos galos

Foto: Marcell Fagundes

Evento deste domingo, dia 25, marcou a vitória por finalização de Luan sobre Wellington Neném no duelo principal, no Rio de Janeiro

A noite deste domingo, dia 25 de outubro, foi de muita emoção em mais uma edição do Shooto Brasil. A Arena Lutando Para Vencer, na zona sul do Rio de Janeiro, recebeu a edição de número 102 e o que não faltou foram nocautes e finalizações. Na luta principal da noite, Luan Lacerda deu show na arte suave e finalizou Wellington Neném com um lindo mata-leão e garantiu o título da divisão dos galos (até 61,2kg). O card contou ainda com outras dez lutas, com destaque para as vitórias de Diego Dias e PH Laia sobre Carlão Silva e Guilherme Doin, respectivamente.

A grande expectativa da noite estava em torno da luta principal do Shooto Brasil 102 entre Wellington Neném e Luan Lacerda, que valia o cinturão peso-galo da organização. Com uma trajetória de sucesso no evento pelos dois lados, ambos chegaram credenciados à disputa. Dentro do octógono, o que se viu foi muito MMA. Trocação, jiu-jitsu e luta agarrada. Os dois postulantes ao título mostraram suas armas durante todo primeiro round, com bastante equilíbrio. No segundo assalto a arte suave prevaleceu, com Luan Lacerda levando vantagem, onde se sente em casa. No minuto final veio a finalização. Depois de usar o jiu-jitsu como poucos, ele encaixou um belo mata-leão para acabar com a luta e se sagrar campeão peso-galo do Shooto Brasil. 

O co-main event da noite entre Diego Dias e Carlão Silva também fez jus às expectativas. Apesar do início morno e estudado, o momento mais esperado pelos fãs aconteceu ainda no primeiro round. Um lindo nocaute de Diego e uma sequência finalizada com uma joelhada fulminante. Vitória e pedido pelo cinturão dos médios do Shooto Brasil. 

Nocautes e finalizações marcam restante do card

A luta entre Guilherme Doin, uma das promessas da Nova União, e PH Laia foi recheada de emoção. Depois de muito ímpeto por ambas as partes, Laia encaixou um triângulo de mão para colocar ponto final no duelo. Já o embate entre Nico Barna e Alexsander Querubim foi marcado pelo equilíbrio, com Barna levando a melhor na decisão majoritária.

Em um dos duelos femininos da noite, Michele Oliveira deu show no jiu-jitsu e finalizou Claudiene Cebolinha ainda no primeiro round com um belo mata-leão. Outro destaque foi a atuação de Thierry Lucas sobre Jorge Nascimento, com um bonito nocaute após dominar a luta desde o começo. Já Rodrigo Sezinando e Felipe Herculano também triunfaram ao finalizarem Matheus Felipe e Antônio Silva, respectivamente. Jonathan Pinto, Sirnande Júnior e Rayla Nascimento foram outros vencedores da noite. 

Shooto Brasil 102 – Resultados oficiais

Luan Lacerda finalizou Wellington Neném com um mata-leão aos 4min e 30seg do segundo round
Diego Dias venceu Carlão Silva por nocaute técnico aos 4min e 30seg do primeiro round
PH Laia finalizou Guilherme Doin com um triângulo de mão a 1min e 56seg do segundo round
Nico Barna venceu Alexsander Querubim por decisão majoritária
Jonathan Pinto venceu Wallace Angolano por decisão dividida
Michele Oliveira finalizou Claudiene Cebolinha com um mata-leão aos 3min e 45seg do primeiro round
Rayla Nascimento venceu Pri Ferreira por decisão unânime
Felipe Herculano finalizou Antônio Silva com um triângulo aos 3min e 53seg do segundo round
Thierry Lucas venceu Jorge Nascimento por nocaute técnico aos 4min e 35seg do primeiro round
Sirnande Junior venceu Vitinho Batista por nocaute técnico aos 5min do segundo round
Rodrigo Sezinando finalizou Matheus Felipe com um triângulo a 1min e 33seg do primeiro round

Deixe uma resposta