SHOOTO 82

Shooto Brasil 82: tem duas disputas de cinturão e presença de atletas ex-UFC

Evento deste sábado, dia 28, tem Valmir Bidu vs Fabrício Negão pelo título dos leves e Leonardo Limberger vs Adonilton Matos pelos penas; Hernani Perpétuo, Felipe Olivieri e Pedro Nobre são outros destaques.
  
A edição de número 82 do Shooto Brasil promete abalar as estruturas da Upper Arena, no Rio de Janeiro. Neste sábado, dia 28 de abril, a organização realiza mais um show com um card recheado de grandes nomes e duelos decisivos. Na luta principal da noite o ex-UFC Valmir Bidu encara Fabrício Negão na disputa de título dos leves (até 70kg), enquanto no co-main event da noite Leonardo Limberger encara Adonilton Matos pelo cinturão dos penas (até 66kg). Outros destaques do card são os ex-atletas do UFC Hernani Perpétuo e Felipe Olivieri, além de Pedro Nobre, nome muito conhecido do cenário nacional. O Shooto Brasil 82 tem início às 20h com transmissão ao vivo do Canal Combate.

“Estamos com uma expectativa muito boa para esse card. Infelizmente não são todos os eventos que conseguimos colocar cinturões em disputa, mas com o aumento do número de categorias imposto recentemente pelo Shooto isso ficou mais viável. Essa edição conseguimos casar duas grandes lutas por títulos, além da presença de nomes consagrados no MMA nacional e até mundial como o Hernani, o Olivieri e o Pedro Nobre. Tenho certeza que todos verão um grande show”, afirmou Dedé Pederneiras, presidente do Shooto Brasil.

Dois títulos em jogo e presença de campeão mundial do Shooto

Protagonista da luta principal da noite, Valmir Bidu teve uma passagem recente pelo UFC. Aos 32 anos o baiano de Salvador soma um cartel de 17 vitórias e seis derrotas. Especialista no boxe, ele fez três lutas no Ultimate em 2014/2015 e acabou demitido após duas derrotas e uma vitória. Depois disso, engatou dois triunfos seguidos no Shooto, e em 2017 fez quatro lutas, sendo três delas na Rússia. Do outro lado do cage ele vai encontrar um adversário sem tanta grife. Com o cartel de dez vitórias e duas derrotas construídos todos no MMA nacional, Fabrício Negão faz sua estreia no Shooto. Ele é natural do Piauí e vem de seis vitórias nas últimas sete lutas.

No co-main event outra disputa de título. De um lado o gaúcho Leonardo Limberger, pupilo do lendário Pedro Rizzo e que carrega consigo uma grande história de fé e determinação. Aos 23 anos, Leonardo tem um cartel quase perfeito, com dez vitórias e apenas um revés. São sete triunfos seguidos, sendo três deles no Shooto. O seu adversário é Adonilton Matos, baiano de 30 anos. Com um cartel de 12 vitórias e quatro derrotas ele também faz sua estreia no Shooto Brasil. Adonilton vem ainda de quatro triunfos consecutivos.

Outros destaques do Shooto Brasil são nomes conhecidos no cenário nacional e internacional. Com passagens pelo UFC os companheiros Hernani Perpetuo e Felipe Olivieri encaram Patrique Tavares e Christian Dipp, respectivamente. Enquanto Perpetuo, que detém o título mundial do Shooto, busca se firmar já que lutou apenas duas vezes desde que saiu do Ultimate há quatro anos, Olivieri também estrá atrás da retomada de carreira depois de ser pego no doping enquanto ainda era atleta do UFC. Outro nome de destaque no card é Pedro Nobre, da lendária BTT, que encara Junior Orelha.

Shooto Brasil 82

Data: Sábado, Sábado, 28 de abril de 2018.
Horário: 20h (ao vivo no Canal Combate)
Local: Upper Arena
Endereço: Rua Bibiano Pereira da Rocha n° 2-A - Flamengo, Rio de Janeiro
Venda de ingressos: R$ 30 Arquibancada / R$ 50 Cadeira e R$ 150 Camarote - Academia Upper - Rua Marques de Abrantes, 96 - Flamengo/RJ

Card de lutas

Até 70kg: Fabrício Negão (Marcelo Ribas) x Valmir Bidu (Nova União)
Até 66kg: Leonardo Limberger (Rizzo RVT) x Adonilton Matos (A confirmar)
Até 79kg: Patrique Tavares (DTM Team) x Hernani Perpétuo (Nova União)
Até 70kg: Christian Dipp (A confirmar) x Felipe Olivieri (Nova União)
Até 59kg: Pedro Nobre (BTT) x Mario Junior Orelha (Relma Combat)
Até 59kg: Vinicius Fenômeno (Marcelo Ribas) x Werleson Galinho (MPBJJ)
Até 79kg: Jorge Filho (Rizzo RVT) x Marcelo Barbosa (BH Rhinos)
Até 52kg: Eric Bahia (Arte Local Fight Team) x Werick Dinamite (BPT)
Até 61kg: Dewis Espantalho (DTM Team) x Hudson Sombra (Nova União)
Até 66kg: Lucas Almeida (SD System) x Alan Alves (BH Rhinos)
Até 66kg: Arthur Gladiador (BPT) x Diego Domingos (Nova União)
     
VOLTAR