SHOOTO 83

Shooto Brasil 83: Geraldo de Freitas defende título e Hernani Perpétuo retorna 

Evento desta sexta-feira, dia 11, tem o atleta da Rio Fighters defendendo o título dos galos diante de Rafael Apocalipse; Perpétuo volta após sair do último card.
  
Um dos eventos mais antigos do MMA nacional, o Shooto Brasil realiza mais edição na sua história neste final de semana, no Rio de Janeiro. A noite de sexta-feira, dia 11 de maio, marca o 83° show da organização, com um card que promete estremecer a Upper Arena, casa do evento, no bairro do Flamengo, na Zona Sul carioca. No total são 9 lutas anunciadas até então, com destaque para o duelo principal da noite entre Geraldo de Freitas e Rafael Apocalipse valendo o cinturão da categoria dos galos (até 61kg). No co-main event da noite um retorno muito aguardado. Hernani Perpétuo, campeão mundial do Shooto e com passagem pelo UFC, retorna após ser retirado de dois cards recentes do evento por conta de problemas de lesão dele próprio e dos seus adversários. O evento começa às 20h e terá transmissão ao vivo do Canal Combate.

“Realizamos um evento há menos de duas semanas, mas temos o compromisso de fazer edições mensais visando dar a chance aos lutadores que precisam da exposição e de um evento como o Shooto. Conseguimos montar um grande card, com a disputa de cinturão do Geraldo, que é um atleta de alto nível e provou isso nos duelos com Nenzão e Benício. E também temos o retorno tão aguardado do Hernani, campeão mundial do Shooto. Já era pra ele ter lutado na última edição, mas tivemos um problema com o adversário e acabamos remanejando ele para esse card. A expectativa é a melhor possível”, afirma Dedé Pederneiras, presidente do Shooto Brasil.

Geraldo de Freitas é mineiro de Conselheiro Lafaiete e membro da Rio Fighters, equipe liderada pelo ex-UFC Miltinho Vieira. Geraldo vem de uma sequência positiva de cinco triunfos consecutivos, sendo os últimos Suas duas aparições no SHooto foram atuações de gala. Na edição 72 ele dominou e bateu Zeilton Nenzão na luta principal da noite. Já no SHooto 74 ele teve seu melhor momento na carreira. Com uma atuação consistente Geraldo venceu o favorito Luciano Benício e conquistou o cinturão peso-galo do Shooto Brasil.

O adversário de Geraldo é o paulista Rafael Apocalipse. Com apenas quatro lutas como profissional, o lutador está invicto na carreira com quatro triunfos. Ele não sabe o que é chegar a decisão dos juízes e venceu todas suas lutas por finaliação (3) ou nocaute (1). Esta será a segunda vez que lutador de Ubatuba (SP) pisa no cage do Shooto.
 
Outro destaque do card é a presença de Hernani Perpétuo. O lutador, que detém o título mundial do Shooto, busca se firmar já que lutou apenas duas vezes desde que saiu do Ultimate há quatro anos. Em duas oportunidades ele foi retirado do card do Shooto por problemas de lesão dele mesmo ou de seus adversário. O oponente de Perpétuo é o paraense Raimundo Reginaldo, que fez sua estreia no MMA este ano e já soma dois triunfos no currículo. Será a primeira vez de Reginaldo no Shooto Brasil. O duelo acontece no peso-médio (até 84kg).

Nas demais lutas vale destacar a presença dos companheiros de treinos Filipe Jesus e Jafel Filho, duas das promessas da equipe Nova União. Ele encaram Milson Castro e Weder Aparecido, respectivamente.

Credenciamento de Imprensa
 
Aos profissionais de imprensa interessados na cobertura do Shooto Brasil 83, basta responder este e-mail com nome e veículo. O credenciamento será confirmado até a véspera do evento, dia 10, às 17h.

Shooto Brasil 83

Data: Sexta-feira, 11 de maio de 2018
Horário: 20h (Ao vivo no Canal Combate)
Local: Upper Arena
Endereço: Rua Bibiano Pereira da Rocha n° 2-A - Flamengo, Rio de Janeiro

Card de lutas

Até 61kg: Rafael Apocalipse (60,6kg) (Nova União/Unit Warriors) x Geraldo de Freitas (61kg) (Rio Fighters)
Até 70kg: Raimundo Reginaldo (81,1kg) (Carmem Casca Grossa) x Hernani Perpétuo (81,9kg) (Nova União)
Até 61kg: Aleandro Caetano (63,8kg) (PRVT) x Werlleson Galinho (63,8kg) (MPBJJ)
Até 72kg*: Andrey Augusto (70,3kg) (RD Champions) x Felipe Jesus** (71,7kg) (Nova União)
Até 59kg: Weder Aparecido (59,3kg) (BPT) x Jafel Filho (59,3kg) (Nova União/ZMT)
Até 57kg: Daniel Lacerda (58,7kg) (ATS Tubarões) x Yarlei Jr. (58,6kg) (MBPJJ Nova União)
Até 67kg*: Marcos Silva (66,6kg) (BPT) x Cauata Samuel ( (RD Champion)
Até 66kg: Maikon Ferreira** (66,8kg) (ATS Tubarões/ FF Jiu-Jitsu) x Diego Domingos (65,9kg) (Nova União)
Até 74kg: Milson Castro (73,2kg) (BPT) x Junior Luiz (73,1kg) (Rizzo RVT)
Até 61kg: Rafael Kamikaze (61kg) (Camocim Top Team) x Daniel Hortegas (61,6kg) (Rio Fighters)

*Peso combinado.
**O atleta não bateu o peso limite da categoria e foi multado em 20% da bolsa, repassado ao adversário.
 
VOLTAR