Rua Bibiano Pereira da Rocha, nº 2-A, Morro Azul - Flamengo
+55 (21) 2553-3485
contato@shooto.com.br

Shooto 87: BOPE – Tradicional edição comemorativa do Shooto Brasil em homenagem ao Dia do Soldado

Shooto 87: BOPE – Tradicional edição comemorativa do Shooto Brasil em homenagem ao Dia do Soldado

Foto: Natalino Werneck/Werneck Produções.

 

Tradicional edição comemorativa do Shooto Brasil em homenagem ao Dia do Soldado acontece nesta sexta-feira, dia 24 de agosto; Ronys Torres defende título dos ultra-leves e Lara Procópio vai em busca de segundo cinturão do evento 

Uma tradição do Shooto Brasil, a edição comemorativa do evento em homenagem aoBOPE (Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Rio de Janeiro) acontece nesta sexta-feira, dia 24 de agosto, na Upper Arena, Zona Sul da capital fluminense. Pela oitava vez, a organização homenageia a corporação pelo Dia do Soldado – neste sábado, dia 25 – com um card daqueles que levantam qualquer um da cadeira. Além das disputas de cinturão pelas divisões dos ultra-leves (até 72,6kg), entre o ex-UFC Ronys Torres e Marcio Bruno, e dos moscas feminino (até 56,7kg) entre Lara Procópio e Sidy Rocha, o evento está recheado de atrações. Algumas delas são as presenças de dois policiais do BOPE no card, Rafael Bernardo e Willian Ferreira, do policial federal Haroldo Bunn e do professor de jiu-jitsu da corporação, o experiente lutador Andrius Tigrão. O Shooto Brasil 87 conta com um total de 14 lutas e tem início a partir das 19h no Canal Combate e no Sportv 2.

“Além de já ter virado tradição, é nosso compromisso realizar uma edição do Shooto BOPE anualmente. Para celebrar essa parceria com o Governo do Estado e com a Polícia Militar conseguimos montar um card de alto nível, do jeito que os fãs e as corporações merecem ver. Teremos disputas de títulos, atleta com passagem pelo Ultimate e representantes do próprio BOPE e da Polícia Federal. Será uma noite marcante”, afirma Dedé Pederneiras, presidente do Shooto Brasil.

Ronys Torres retorna para defender cinturão pela primeira vez 

A luta principal da noite do Shooto BOPE em 2018 será entre o campeão Ronys Torres e o desafiante Marcio Bruno. Ronys, um dos mais antigos da equipe Nova União, era o campeão dos leves do evento, mas abriu mão do cinturão ao assinar com o evento internacional ROAD FC, no início de 2017. Depois de quatro lutas disputadas na organização coreana, ele retorna ao Shooto como campeão dos ultra-leves, divisão recém-inaugurada. O amazonense herdou o título por decisão do staff do Shooto, já que ele não havia sido destronado na categoria debaixo.

Aos 32 anos, Ronys atua profissionalmente desde 2006 e tem um currículo expressivo. São 36 vitórias e apenas seis derrotas na carreira, duas delas na passagem apagada pelo UFC em 2010. Presente nas quatro primeiras edições do Shooto, ele já fez 11 lutas no evento e tem 100% de aproveitamento. Seu adversário é o sul mato-grossense Marcio Bruno. Aos 31 anos ele é natural da capital Campo Grande e soma um cartel de 10 vitórias e cinco derrotas. Marcio faz sua estreia no Shooto Brasil.

Campeã dos galos, Lara Procópio busca título dos moscas em confronto de gerações 

O co-main event do Shooto 87 pode marcar o nome de uma lutadora na história da organização. A mineira Lara Procópio, de apenas 22 anos, já se sagrou campeã dos galos ao bater Mariana Morais na edição 81, em maio. Agora, a lutadora da Nova União busca fazer história ao ser a única mulher a conquistar dois títulos de categorias distintas no Shooto. Ela encara Sidy Rocha, pelo título dos moscas, e busca também manter a invencibilidade na carreira de cinco vitórias em cinco lutas disputadas. Já Sidy vai fazer sua estreia no Shooto Brasil, mas chega credenciada por um cartel de nove vitórias e quatro derrotas. A curiosidade fica por conta da idade da sul mato-grossense: 40 anos. O que configura um verdadeiro confronto de gerações no co-main event da noite.

Os demais destaques do Shooto Brasil 87, em homenagem ao BOPE, fica por conta justamente dos membros da corporação presentes no card. Rafael Bernardo e Willian Ferreira, soldados do BOPE, encaram Rafael Trindade e Wandemberg Nascimento, respectivamente. O card conta ainda com o experiente Andrius Tigrão, faixa-preta de jiu-jitsu e professor do batalhão, e o policial federal Haroldo Bunn, nome carimbado das edições em homenagem ao Batalhão de Operações Especiais.

Credenciamento de Imprensa 

Aos profissionais de imprensa interessados na cobertura do Shooto Brasil 87, basta responder este e-mail com nome e veículo. O credenciamento será confirmado até a véspera do evento, dia 23, às 17h.

Shooto Brasil 87: BOPE 

Data: Sexta-feira, 24 de agosto de 2018
Horário: 19h (Combate.com) e 20h ao vivo no Canal Combate e Sportv 2
Local: Upper Arena Endereço: Rua Bibiano Pereira da Rocha n° 2-A – Flamengo, Rio de Janeiro

Card principal 

Até 72,6kg: Marcio Bruno (WGT/Boxe Thai/Gracie Barra) x Ronys Torres (Nova União) – Cinturão Ultra-leve
Até 56,7kg: Sidy Rocha (Rocha Top Team) x Lara Procópio (Nova União) – Cinturão Mosca
Até 74,8kg: Johil de Oliveira (Johil Team) x Haroldo Bunn (Nova União)
Até 74,8kg: Ugo Barbosa (a confirmar) x Andrius Tigrão (Nova União)
Até 58,5kg*: Felipe Pereira (a confirmar) x Daniel Miojo (ATS Tubarões)
Até 70kg: Milson Barão (Renovação Coari Team) x Junior Negão (Nova União)
Até 70kg: Ricardo de Souza (Careca MMA Team) x Guilherme Doin (Nova União)
Até 68kg: Rafael Cacique (ATS Tubarões) x Rafael Bernardo (CTLA Nova União/BOPE)
Até 63,5kg: Patrizio de Souza (Full House) x Adilson Pica Pau (Nova União)
Até 63,5kg: Wandenberg Nascimento (BPT) x Willian Ferreira (Nova União/BOPE)

Card preliminar

Até 66kg: João Gilberto (PRVT) x Keweny Lopes (Nova União)
Até 52kg: Vania Brun Caceres (a confirmar) x Andressa Romero (Nova União)
Até 57kg: Mairon Santos (PRVT) x Leandro Zé Pequeno (Nova União) – Luta Amadora

*Peso combinado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *